• 10 de junho de 2021
  • fabricio
  • 0

As pulgas são pequenos insetos que pertencem a ordem Siphonaptera. São ectoparasitos de aves e mamíferos, principalmente destes últimos.

Medem geralmente menos de 5 milímetros de comprimento e suas partes bucais são adaptadas para cortar a pele e sugar o sangue do hospedeiro. Não têm asas, mas possuem pernas extremamente fortes, especialmente o par posterior, possibilitando às pulgas, moverem-se rapidamente e pularem distâncias muito maiores que o comprimento de seu corpo. Os olhos são reduzidos ou mesmo ausentes.

As pulgas não causam somente desconforto ao homem e seus animais domésticos, mas também ocasionam problemas de saúde, tais como: dermatites alérgicas, transmitem viroses, vermes e doenças causadas por bactérias (peste bubônica, tularemia e salmonelose). Apesar das picadas serem raramente sentidas, a irritação causada pelas secreções salivares pode se agravar em alguns indivíduos.

Algumas pessoas não apresentam qualquer reação ao serem picadas, porém outras sofrem uma reação severa resultante de infecções secundárias ocasionadas pelo ato de coçar a área irritada. Picadas no tornozelo e pernas podem causar dor por alguns minutos, horas ou dias, dependendo da sensibilidade do indivíduo. A reação típica da picada é a formação de uma pequena mancha dura, avermelhada com um ponto em seu centro.

As espécies mais importantes na saúde pública são: a Pulex irritans, que ataca mais o homem, podendo, no entanto, alimentar-se sobre outros hospedeiros; a Xenopsylla cheopis, denominada pulga do rato; a Ctenocephalides felis, conhecida por pulga do gato; e, Ctenocephalides canis, a pulga do cão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *